Ibiapabanos já pagaram mais de R$ 26 milhões em tributos em 2018, calculou ‘Impostômetro’; Veja quanto sua cidade arrecadou

Amapaenses trabalharam 153 no ano passado só para pagar impostos (Foto: Marcos Santos/USP Imagens)
Amapaenses trabalharam 153 no ano passado só para pagar impostos (Foto: Marcos Santos/USP Imagens)

No início do segundo semestre de 2018, os noves municípios da Serra da Ibiapaba arrecadaram R$ 26.608.344,00 milhões em impostos, de acordo com levantamento do “Impostômetro”, ferramenta desenvolvida pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e que estima em tempo real a arrecadação com tributos, taxas e contribuições municipais, estaduais e federais.

A cidade de Viçosa do Ceará foi quem arrecadou mais tributos até o momento, com R$ 6.367.372,00 milhões estimados já Croatá foi a que menos recebeu impostos, R$ 798.178,00 mil. O montante nacional, que até esta terça-feira (7) ultrapassou a marca de R$ 1,40 trilhão.

O “Impostômetro” mostra ainda que o brasileiro está trabalhando mais para pagar somente tributos. Em 2017, foram 153 dias apenas para devolver valores federais, estaduais e municipais. O total de impostos pagos pelos brasileiros também pode ser acompanhado pela internet, na página do “Impostômetro” (www.impostometro.com.br).

Confira quanto arrecadou cada cidade Ibiapabana

1 – Viçosa do Ceará: R$ 6.367.372,00
2 – Tianguá: 5.530.041,00
3 – Ipu: 4.867.781,00
4 – Guaraciaba do Norte: R$ 2.617.042,00
5 – São Benedito: 2.425.520,00
6 – Ubajara: R$ 2.252.227
7 – Ibiapina: R$ 945.142,00
8 – Carnaubal: R$ 805.041,00
9 – Croatá: R$ 789.178,00