Cristiano Ronaldo dribla imprensa em chegada para depor à Justiça espanhola

Antes de se reapresentar ao Real Madrid, Cristiano Ronaldo precisou resolver suas pendências com a Justiça espanhola. Na véspera de seu retorno aos treinos, o astro merengue compareceu nesta segunda-feira a um tribunal em Pozuelo de Alarcón, na zona metropolitana de Madri, para prestar depoimento sobre a acusação de fraude fiscal que vem enfrentando. O craque driblou a imprensa, sem dar as caras na chegada ao local.

Cristiano Ronaldo entrou direto na garagem do tribunal, no banco de trás de um carro com vidro escuro, frustrando os jornalistas e evitando ser registrado na chegada para o depoimento – o que ocorreu, por exemplo, com Messi e Neymar, que também tiveram questões a resolver com a Justiça espanhola nos últimos anos.

Cristiano Ronaldo chega a tribunal em carro, sem dar as caras à imprensa  (Foto: Efe)

Cristiano Ronaldo foi denunciado pelo Ministério Público da Espanha, acusado de ter fraudado € 14,7 milhões em impostos, o que o enquadraria em quatro infrações diferentes. O astro teria omitido receitas de direito de imagem recebidas entre 2011 e 2014, e, segundo a promotoria, ele teria usado uma estrutura de negócios criada em 2010 para ocultar esta renda.

A polêmica – que veio à tona às vésperas da Copa das Confederações – fez com que o craque mantivesse o silêncio enquanto estava na Rússia com a seleção portuguesa e levou a imprensa espanhola a apontar sua saída do Real Madrid. Insatisfeito com as acusações, o luso estaria pensando em deixar a Espanha – uma possibilidade que esfriou nas últimas semanas.

G Esporte